Informativo 16/10/2015

Wavetech obtém aprovação do MS para fornecer aparelhos auditivos

O consorcio formado pelas empresas WaveTech (incubada) e Amplivox, de Pelotas, juntamente com o produtor público LAFERGS, obtiveram aprovação do Ministério da Saúde para serem fornecedores de aparelhos auditivos para o SUS de todo o Brasil. O produção do consórcio vai movimentar R$60 milhões ao ano. Entre janeiro e abril deste ano, o MS recebeu 39 propostas de PDP (Parceria para o Desenvolvimento Produtivo), das quais nove foram aprovadas e anunciadas em Brasília, no dia 30 de setembro, em reunião do Grupo Gestor do Complexo Industrial da Saúde (GECIS), incluindo o projeto do aparelho auditivo (único equipamento médico da lista dos aprovados). A WaveTech, única empresa de engenharia de aparelho auditivo do Brasil, desenvolveu uma família de aparelhos em menos de 3 anos e meio.

Oportunidade de parceria com empresas e instituições europeias
Estão abertas as inscrições para o II Fórum União Europeia-Brasil de Tecnologia e Inovação, que será realizado de 23 a 24 de novembro de 2015, em Bruxelas, na Bélgica. O evento é uma atividade promovida no âmbito do B.Bice+, projeto financiado pela Comissão Europeia, que promove a cooperação na área de Ciência, Tecnologia e Inovação entre o Brasil e países membros da União Europeia (UE). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas até o dia 18 de novembro, mas para os interessados em obter o custeio das despesas de viagem, o prazo encerra no dia 23 de outubro. O evento abordará os desafios em cooperação na ciência, tecnologia e inovação (CT&I), por meio de discussões e apresentações de casos de sucesso, facilitando a parceria bilateral entre os atores de inovação e pesquisadores. Os participantes terão acesso a informações sobre os programas e oportunidades de financiamento oferecidos pelos países europeus. Também estão previstas rodadas de negócios entre pesquisadores e atores de inovação. Para se inscrever, acesse https://www.b2match.eu/2nd-eu-br-innovationforum.

Guimarães e Santiago informam
No último dia 6 de outubro, foi publicado o Decreto Federal n° 8.538/15, que regulamenta o tratamento diferenciado para, principalmente, microempresas, empresas de pequeno porte e microempreendedores individuais (MEI) nas contratações a serem realizadas pela Administração Pública Federal. Dentre os privilégios trazidos pelo Decreto, destacam-se: a) Não exigência da apresentação de balanço patrimonial; b) Não exigência da comprovação da regularidade fiscal para fins de participação na licitação, apenas quando da contratação; c) Como critério de desempate, sempre haverá preferência de contratação para MEs e EPPs; d) Serão realizadas licitações exclusivas para MEs e EPPs, cujo valor da contratação seja de até R$ 80 mil; e) Ainda, os editais poderão exigir a subcontratação destas empresas privilegiadas no caso de obras e serviços.
As incubadas TNS e Nanovetores participaram, de 13 a 15 de outubro, da Nano TradeShow, única feira do país voltada exclusivamente para o mercado de Nanotecnologia. O evento realizado em São Paulo buscou reunir fornecedores de todo o mundo, universidades, pesquisadores e a indústria, a fim de impulsionar os negócios e o desenvolvimento da área. A TNS apresentou seus produtos e soluções no estande do API.nano – Arranjo Promotor de Inovação em Nanotecnologia, concebido e criado pela Fundação CERTI. A Nanovetores participou da feira com um estande próprio.